top of page
  • Foto do escritorBLOG MÉTODO FOTOGRÁFICO

DEIXE O ENSAIO A CARA DO SEU CLIENTE

Olá, fotógrafos. Tudo bem?

O conteúdo de hoje é especifico para aqueles que ainda ficam perdidos na hora de fazer a pré-produção do ensaio e passam perrengue no dia das fotos.

Para começar, acredito que já tenha falado sobre isso aqui, de forma breve, em algum post: VOCÊ PRECISA CONHECER SEU CLIENTE.

Isso não quer dizer que você precisa, necessariamente, tornar-se íntimo, ou fazer do cliente o seu melhor amigo. É claro, algumas vezes a química ocorre e o relacionamento evolui, mas não é sempre que isso acontece, E FAZ PARTE. Você é um profissional contratado para fotografar o contratante, apenas!

E é sendo um bom profissional que você vai atingir as expectativas do seu cliente, através do seu olhar e da sua pesquisa sobre quem é a pessoa que será fotografada.


Mas, Alléxia, como eu faço isso?

É simples, depois do primeiro contato, no qual você passou seu orçamento, seu cliente assinou o contrato e o trabalho foi fechado, você vai começar a planejar junto com ele esse ensaio. (MODELO DE CONTRATO GRATUITO PARA BAIXAR)

De início, caso você não saiba como fazer esse planejamento, você pode criar um questionário e enviar para ele te responder. Isso ajuda muito, até na questão de ter um assunto para abordar durante as fotos e fazer com que ele interaja contigo.

O formulário pode ter perguntas de todos os tipos, como, por exemplo:

- Qual sua estação do ano favorita;

- Quais lugares gosta de frequentar;

- O que você faz nas horas vagas;

- Você se considera uma pessoa mais descontraída ou tímida;

- Qual sua comida favorita;

- Qual seu filme ou série do momento.

Dessa forma, você vai ter uma noção de quem é o seu cliente e quais são os seus gostos. Conhecendo essas informações, a elaboração do ensaio fica muito mais simples.

Normalmente, quando um cliente te procura, ele sabe, mais ou menos, o que deseja fazer, e é muito importante que você dê atenção aos desejos dele. Porém, você sempre deve dar seu toque especial e complementar essa produção, para que ele se sinta especial ao saber que tudo aquilo foi feito pensando nele.

Você consegue saber, com base no questionário, se o seu cliente prefere fotografar em um parque ou em um café, se vai querer usar um look super despojado ou mais arrumado.

Falando em look, acho bacana você dar aquela fuçada nas redes do contratante e separar algumas inspirações de looks que tenham a ver com o estilo dele. No Pinterest, você encontra diversas inspirações, dos mais variados estilos e, com certeza, alguns deles vão agradar o seu cliente.

Se for uma modelo fica muito mais fácil, porém você terá o quesito make, que é de extrema importância no ensaio, no meu ponto de vista.

Maquiagem é o ponto chave na produção, além dela facilitar seu processo de pós-produção, ela faz com que a cliente realize o ensaio se sentindo mais bonita e já veja bons resultados direto na câmera. Algumas meninas, às vezes, não gostam de usar make, e está aí a responsabilidade de entender o motivo pelo qual ela não gosta e tentar contornar a situação, para que o ensaio seja agradável para ambas as partes.

É necessário você entender que não está fotografando para você, mas sim para o cliente, que tem um desejo estético de se enxergar naquele ensaio. Ele precisa ver as fotos e se sentir representado pela atmosfera retratada ali.

Desse ponto, eu faço uma observação e deixo uma dica extra importantíssima.

Quando uma pessoa te contrata, isto é, escolhe VOCÊ, especificamente, significa que ela se identifica com seu trabalho e gostaria de ver sua arte em suas fotografias.

Durante o ensaio, é interessante você prestar atenção nas falas do seu cliente, pois, normalmente, eles já pedem no decorrer dos clicks que você faça alterações nas fotos, como diminuir um pouco o braço, emagrecer um pouco aqui ou ali, tirar linhas de expressão. É mais comum que esses pedidos aconteçam em ensaios femininos, mas não se surpreenda caso se depare com eles em outros nichos.

Caso solicitado pelo seu cliente, você pode sim fazer correções e alterações na imagem dele, mas não deixe que isso altere sua qualidade e identidade artística. Algumas coisas você jamais deve modificar, como, por exemplo, seu estilo de edição, sua colorização e, acima de tudo, a sua ESSÊNCIA profissional.

Por isso o uso do contrato é tão importante, nesse documento você tem a prova de que seu cliente aceitou fotografar com você, baseado em todos os termos ali descritos.

Faço um link, mais uma vez, para o post que está no blog sobre o CONTRATO DE SERVIÇO NA FOTOGRAFIA. Nele você sana todas as dúvidas acerca do assunto e mostra para o seu cliente que você é um bom profissional, artística e burocraticamente falando. No post você encontra, também, o modelo de contrato, que pode ser baixado de forma GRATUITA.

Espero que vocês tenham gostado!

Acompanhem mais posts em tempo real lá no instagram (AQUI)

Comments


bottom of page